segunda-feira, 10 de agosto de 2009

SINDICÂNCIA

Meu caro Isaías,
Como sabes, sou assinante deste jornal e obviamente, não deixo de ler sua coluna. Antes, porém, de seguir meu comentário, quero dizer a você e ao leitor que a resposta as imbecilidades escritas pelo meu desafetuoso, Roberto Antônio Rach virá. Assim, peço principalmente ao leitor que não perca as edições vindouras, pois a qualquer momento a resposta com veracidade e fatos incontestes será dada. Não me assusto com tão pouco e muito menos advindo de alguém despeitado e fracassado. Mas, vamos ao que interessa agora.
Em sua coluna de 20/07, li que a atual administração almeja uma sindicância nos feitos da gestão passada, penso que poderia ser um ato normal, não fosse à saga ao encalço do ex prefeito Toco. Mas, que seja assim! Porém, já que vão investir e investigar, que venha a tona também, os cerca de 8 milhões de reais que Toco pagou praticamente tudo de um rombo por ele herdado da gestão anterior e ao que sei,tem uma situação em relação a Unimed pertinente ao plano de saúde que os servidores tinham e perderam.
Antes de concluir, quero voltar no tempo e na história. Ainda no regime militar argentino, Gautieri passava por sérios problemas de governo, acentuado a sua baixa popularidade e credibilidade. Do outro lado do Oceano, o mesmo acontecia com Margareth Tacher, a então considerada dama de ferro do parlamento inglês. Neste ínterim, veio em principio à discussão sobre quem era dono das ilhas Malvinas. Gautieri naquele momento vislumbrou a grande oportunidade para desviar a atenção do povo sobre seu governo, promovendo o patriotismo, (coisa que os argentinos têm muito mais que os brasileiros) e anunciou guerra a Inglaterra. Mas, Gautieri não mensurou sua atitude e pensou que o governo britânico não fosse se abalar de tão longe para uma guerra. Ledo engano! Em todo o caso, lá foram os soldados, mas, foram como quem fosse a uma colônia de férias. Entrincheiraram-se e ficaram no aguardo remoto de um ataque britânico, pensava assim quem sabe, o comando militar. É óbvio que o espírito patriótico tomou conta dos argentinos e por um tempo, Gautieri lograva êxito em seu intento. Mas, tudo acabou quando a dama de ferrou ordenou o ataque e o restante da história todos sabem.
Talvez o que muitos não saibam, é que Pink Floyd, logo depois lançou o disco The Final Cut, ( O Corte Final), onde basicamente todas as canções foram escritas por Roger Waters, que em verdade era uma menção honrosa ao pai militar, mas que não deixou de citar o episódio das Malvinas em especial, a Gautieri e Margareth Tacher, tudo com a primazia e o encanto dos efeitos sonoros e a qualidade instrumental marcante de Pink Floyd.
Moral da história: às vezes, buscam-se subterfúgios para desviar a atenção de coisas que possam incomodar ou advir cobranças, mas o que não se pode esquecer, é que a outra parte pode estar municiada e vir ao combate e aí... Portanto, penso eu, que a atual administração deva se preocupar primeiro, em honrar suas promessas, afinal, foi o que não faltou no cardápio de campanha e tantas outras com a administração em exercício, que não estão sendo cumpridas. E, principalmente; que não esqueçam que seus telhados são de vidro e o de alguns, vidro muito frágil, nada temperado e pode estilhaçar-se em fração de segundos.
Finalizo fazendo uma menção de reconhecimento ao bom trabalho que está sendo realizado pelo secretário de obras Omar, Ricardo e Eduardo no departamento de compras. Estes, são CCs e até o momento, valem cada centavo que lhes estão sendo pagos. Não poderia deixar de lembrar o pessoal das obras, valorosos guerreiros e salientar, que até o presente momento, o prefeito ainda não deu aos que participaram do programa motivacional seus certificados de participação, que foi pago com dinheiro público e muito menos cumpriu com o mínimo combinado com o aval dele o prometido aquele pessoal. Afora isto, outras combinações em especial com a associação do meu bairro, que penso eu, sua blindagem esteja boicotando o andamento e a relação que deveria ser amistosa e o mais importante; a demora em começar as obras da UBS Nova Estância.

Nenhum comentário:

Postar um comentário