terça-feira, 20 de novembro de 2012

Metade dos profissionais já utiliza redes sociais para procurar emprego


SÃO PAULO - As redes sociais reinventaram o jeito de interagir e de se comunicar e têm auxiliado muitos profissionais na busca por novas oportunidades. Segundo um estudo de Percepção sobre o Mercado de Trabalho Brasileiro, realizado pela Boucinhas&Campos, quase metade dos profissionais procuram vagas de emprego nas redes sociais.

O estudo também revela que 72% destas pessoas acompanham as empresas que desejam trabalhar nas redes sociais e apenas 28% não costumam procurar vagas por esses meios. Ainda, 56% acreditam que o mercado de trabalho brasileiro está aquecido.

Redes sociais mais utilizadas

Com mais de 72% das respostas, o LinkedIn é a rede social mais utilizada pelos entrevistas para procurar emprego. Em segundo lugar aparece o Facebook, com 56%, Twitter, 23%, Google +, 20%, e blogs, com 19%.

Perfil

Foram entrevistados cerca de 3 mil profissionais. Entre eles, 60% estão trabalhando e, dentro desta porcentagem, 62% pretendem mudar de emprego nos próximos anos. Também, 74% afirmaram ter saído ou mudado de emprego nos últimos dois anos e apenas 25% disseram não ter buscado outras oportunidades neste período.

Fonte: Infomoney