sábado, 24 de novembro de 2012

Tailandês morre após maratona de video game

Um jovem tailandês viciado em video game morreu em frente ao seu computador após seguidas maratonas noturnas de jogo.

O homem de 24 anos sucumbiu após inúmeras sessões de jogo e foi encontrado prostrado na cadeira de seu quarto na província de Samut Songkhram, ao sudoeste de Bangcoc, de acordo com autoridades.

"Ele estava viciado no jogo. Parece que ele não dormia e jogava de manhã à noite", explicou por telefone à AFP um agente da polícia local, Chaichana Boorod.

O corpo será objeto de necropsia para determinar as causas exatas da morte, segundo a polícia.

A Voz comenta:

Este não é o primeiro caso e com certeza não será o último.

Os jogos de game estão cada vez mais arrojados e atraentes e, não obstante, podem passar a ser a represantação daquilo que o jogador desejaria fazer ou ser.

O que deve ser levado em considerção neste contexto, é o fato de que vencer é a palavra de ordem e este vencer, pode também estar atrelado ao vencer na vida em todos os sentidos e que muitas vezes na prática do execício da realidade este desejo não se fa verdadeiro.
Os jogos em linhas gerais, devem ser considerados e tratados quando em demasia, ou total descompasso com a reliadade, como doença e, não obstante, o tratamento para tanto deve ser aplicado.

Criança e adolescentes, devem ter o total controle dos pais para regrar o tempo que estes dispendem para jogar e, uma vez que constatada a ansiedade em estar a frente do vídeo para a prática do jogo, este deve ser cortado imediatamente.

No entanto, no chamado mundo moderno onde atender ao capricho dos filhos é a forma compesadora da ausência dos pais e da família, lamentávelmente, outros eventos desta natureza continuarão acontecendo mundo afora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário