segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Vergonha: Escola particular furtava luz e água do Hospital Getúlio Vergas em Estância Velha/RS


A escola de ensino fundamental e educação infantil, que pertence a uma dita personalidade da cidade, Lúcia Trein e que na gestão do ex-prefeito, Nestor Trein, que hoje ocupa um cargo de secretário na atual e descompassada administração, segundo informações, (a mesma que era do município, foi parar como num passe de mágica em mãos alheias), como é o caso e que também se diz filantrópica, vinha há muito furtando luz e água do quase falido hospital do município; o HGV.

As descobertas foram feitas ao acaso. No caso da energia, os técnicos ao fazer uma inspeção no quadro de luz do hospital, verificaram que havia um fio que não estava no contexto, indo mais afundo, verificaram que se tratava de um gato, que beneficiava a escola pertencentes a pessoas ditas ilibadas na cidade.

Já a água, foi por conta da falta desta que faltou no hospital e feita a reclamação a Corsan pela escola, também foi constado outro gato.

Desta forma, também segundo informações, esta prática criminosa vem acontecendo há anos e somente agora foi descoberta.

Há quem diga ainda, que Lúcia Trein, ao ter a luz cortada reclamou ao prefeito de que tinham cortado sua luz, ou seja; além de furtar, ainda se sente no direito de reclamar.

A verdade no entanto, é que tal procedimento é crime e, principalmente em se tratando de furto do erário público como é o caso do Hospital Getúlio Vargas que passa por sérias dificuldades por pura falta de administração e cabe ao legislativo e Ministério Público tomar as devidas providências e cobrar dos responsáveis estas contas, devolvendo assim ao cofre público o que foi furtado como se fosse algo normal.

A outra verdade também, é que os amigos do rei continuam fazendo o que bem entendem e nada acontece a ninguém. 

Será que todos estes olhos cegos, ou bocas mudas seja fruto de uma relação do prefeito e sua trope com o príncipe das trevas, Satanás? 

9 comentários:

  1. Sorte que com o PT a vida era bela em EV, tudo era belo, ninguém roubada, nada de ruim acontecida. Sou apartidário mas vejo pessoas como você só de boca aberta quando o PT não administra a cidade. Quando o PT entra na cidade, viramos uma UTOPIA.kkk

    ResponderExcluir
  2. Amigo,
    Em primeiro lugar o jornalismo é imparcial, coisa que esta "notícia" não tem em nada, e uma prova disso é quando você cita fatos sem citar fontes e quando obviamente escreve insinuando coisas e não apenas informando (com base em fatos e dados). Eu não sou de partido nenhum, mas vi que estão espalhando esses boatos pelo Facebook, e me senti no direito de questionar a veracidade destas informações que nada mais parecem do que briga partidária.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Jornalista imparcial"??? Então estás você fazendo uma resenha crítica da reportagem? Pois é o que parece, já que não estás tomando nenhum partido, sempre que se escreve ou publica algo é respeitoso que se tenha uma fonte segura e verdadeira de tais comentários.

      Excluir
  3. Independente de partido, se a denuncia procede deve-se punir os os culpados. Há dúvidas quanto a veracidade da informação? Peçam uma investigação.

    ResponderExcluir
  4. Voltér Luís Trein16 de setembro de 2013 18:36

    A liberdade de imprensa não é condição para difamar e caluniar pessoas de bem, sem provas e baseadas apenas em suposições e fantasias. Os entes citados acima contribuíram de sobre maneira para o desenvolvimento deste município e melhoraram a vida de milhares de pessoas.

    Quem escreve falácias deste tipo deve arcar com as consequências, pois este país é livre mas o direito de cada um termina quando começa o do vizinho.

    ResponderExcluir
  5. MAIS UMA TURBULÊNCIA SE INSTALANDO NA SOCIEDADE DE ESTÂNCIA VELHA, ATÉ ONDE E ATÉ QUANDO?
    ESTA SE TORNANDO ROTINA ESSAS MALEDICÊNCIAS, CALÚNIAS, EU ACHO QUE O POVO DE ESTÂNCIA VELHA DEVERIA ANTES DE MAIS NADA CONFIAR ESSAS DENÚNCIAS AO MINISTÉRIO PÚBLICO E A POLÍCIA INVESTIGAR ESSES FATOS, SE REALMENTE SÃO VERÍDICAS OU NÃO, E NÃO ESPALHAR AOS QUATRO VENTOS PARA CRIAR POLÊMICAS EXAGERADAS E CONCLUSÕES INFUNDADAS, PORQUE ULTIMAMENTE ESTÂNCIA VELHA ESTA SE TORNANDO VERGONHOSAMENTE UM POLO DE FOFOCAS E INTRIGAS DO QUAL MUITAS DELAS NÃO FORAM APRESENTADAS PROVAS CONCRETAS, NEM DA JUSTIÇA E NEM DAQUELES QUE FAZEM E ALARDEIAM ESSES EXAGEROS.

    ResponderExcluir
  6. Para se obter uma credibilidade em uma noticia a imprensa deve usar a imparcialidade, sem dizer quem esta errado ou certo sem as provas cabíveis,o que se nota neste pequeno texto é a insatisfação do Blogueiro com a situação da política do município, onde relata os problemas supostamente encontrados, supostamente pois não nos da um concretização de onde podemos analisar essas provas e ainda usou um termo que pra mim deixa bem claro que estamos lendo o texto de uma pessoa despreparada, quando em uma reportagem trazendo um suposto problema além de não citar provas usar o termo "Há quem diga...", já nos deixa bem a mostra o tipo de pessoa que escreve.
    Sobre a política menciona que a prefeitura, ou melhor o termo usado pelo Blogueiro, "os amigos do Rei" ao qual segundo este fazem suas coisas a sua própria maneira e não são investigados em nada, gerando um critica a política municipal.
    Quando quiseres montar um texto trazendo problemas e acusando pessoas e políticas traga provas ou então base onde seus leitores podem buscar e analisar com o seu texto as criticas e acusações feitas, sem isso e apenas uma matéria sensacionalista pra gerar alguns comentários, o que nunca passara disso.

    ResponderExcluir
  7. Que engraçado!! Nas semanas de falta de água na cidade, onde muitas escolas e creches municipais fecharam suas portas e mandaram crianças para casa por falta de água, a escola Cirandinha/ Beija-Flor foi uma das poucas que não o fez, pois não estava com falta de água. Agora fica minha dúvida... Como a escola roubaria água do hospital se possui POÇO??? Fiquei realmente curiosa, será que o blogueiro poderia nos dar provas concretas, ou isso não passa de fofoca, briga política ou qualquer tentativa de se fazer percebido?

    ResponderExcluir