segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

O VELHO E BOM VINIL ESTÁ DE VOLTA

Quem ainda tem o seu velho e bom toca discos em casa, pode acreditar; não apenas está na moda como está também, com um aparelho que parecia estar fadado a peça de museu ou, para aqueles que ainda nutrem o saudosismo de curtir os famosos bolachões ou LPs.

Há quem diga ainda, que sonoridade é muito melhor do que a do atual CD e também, as capas dos discos de vinil e aí, sem sombra de dúvidas, algumas delas pareciam verdadeiras obras de arte e arremessavam ao desejo de se comprar o disco na lojas. Tempos em que haviam lojas especializadas na venda de discos.



Entrar na loja e apreciar a capa do disco já valia a pena. Comprar então, era a glória, afinal, o primor das capas dos discos como por exemplo de: Led Zeppelin, Black Sabbath e outros faziam com que os fãs fizessem verdadeiras viagens em torno do que se passou na cabeça dos caras ou de que as produziu por serem muitas delas; verdadeira obras de arte.

Os discos de vinil em bem verdade, nunca saíram de cena, apenas ficaram restritos aos chamados gostos mais apurados e a indústria fonográfica não deixou de produzi-los ainda quem em escala limitada.

A banda Skank a cerca de dois anos, gravou um vinil nos estados Unidos. ao que parece, a banda estava na vanguarda deste acontecimento e o mercado agora, está tomando fôlego e força, preparando-se para o que possa vir a ser uma nova coqueluche em torno dos toca discos que chegam a custar até R$ 2 mil os mais modernos e equipados.

De igual forma, as agulhas e outros acessórios, também estão na linha de produção para atender o mercado e os fãs do vinil.

Será que o CD está com seus dias contados e dará lugar novamente ao velho e bom vinil que saiu de linha para dar lugar a uma nova tecnologia?