terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

CARNAVAL - COPA E ELEIÇÃO! O QUE IMPORTA MAIS PARA OS BRASILEIROS?

A pergunta que abre este artigo pode com certeza, ser taxada de no mínimo; idiota. Mas, a pergunta procede, afinal, disse-se de que vivemos no país do carnaval - (ovale a carne), que em bem verdade, em uma pesquisa há algum tempo realizada, mostrou que 60% da população não gosta deste evento pagão, que virou indústria e movimenta milhões de reais a cada edição, contando inclusive, como já tem sido noticiado, com recursos do jogo do bicho e também do narcotráfico. Ou seja; da onde a grana vem, pouco importa, o importante é colocar o bloco na rua. (Os governos também colocam sua parte para ajudar nesta festa que por trás dos bastidores, gera mortes por encomenda, acerto de contas e outros, além é claro da muita libertinagem e orgia sexual que resultam em inúmeras gravidezes indesejadas e até mesmo doenças sexualmente transmissível, sendo a AIDS, a maior vilã, ainda. 

"É claro também, que esta grande festa de degradação, é acompanhada de muita bebida e drogas de toda a natureza".

O futebol por sua vez, desde há muito, é considerado o ópio do povo. Da várzea ao profissional, os amantes da bola fazem verdadeiros malabarismo para estar próximo a este esporte onde o Brasil atualmente, figura no mundo como excelência produzindo craques a peso de ouro que são comercializados em especial, para o futebol europeu.

Mas, como a paixão é muito grande, não importa se um craque está indo embora, traga-se outro e show deve continuar para saciar o desejo dos amantes deste esporte em ver seu time ganhar.

A copa do mundo, questionada por muito e esperada por outros tantos, coloca o país, sem sombra de dúvidas, no cenário internacional no quesito turismo, o problema no entanto, é que muitas cidades e principalmente por seus governantes não estão preparadas para este outro show e, por outro lado, a voracidade pelo lucro, já está fazendo com que muitos comerciantes e empresários, estejam contabilizando seus lucros, antes mesmo do evento acontecer.

O custo das obras para deixar os estádios ao gosto e critérios da FIFA, é quase impossível de contabilizar, pois, já ultrapassou em muito a casa dos bilhões de reais investidos, principalmente com dinheiro público, do Governo Federal, Estadual e até de alguns municípios.

Bilhões estes, que poderiam ser aplicados na saúde, na segurança, na educação, habitação e etc. Mas quem se importa realmente com isto?

Para terminar o ano, teremos ainda; eleição! E quem sabe agora, me justifique responda se isto importa para os brasileiros: para a maioria não!

O que importa neste cenário e com certeza já estão se preparando os chupins de partidos e candidatos e mesmo a lei que se diz rigorosa, a compra de votos continua desenfreada e alista de quem vai vender seu voto já deve estar sendo feita com a maior naturalidade como quem precisa ir as compras.

A reforma política continua engavetada, e somente tolos poderiam acreditar que alguma coisa mudaria, principalmente quando se trata do cenário político que diz respeito e total interesse ao Congresso Nacional, Presidência da República e Governos Estaduais.

Os partidos de aluguel continuam se proliferando e o discurso de todos continua o mesmo para o povo, mas, o grande foco, é manter o fisiologismo e os interesses partidários desenfreados e sem qualquer compromisso real com os interesses daqueles que pagam altos tributos e querem ver a máquina pública funcionar.

Enfim, ainda prega-se o jargão de que o Brasil é o país do futuro, futuro este que já passou várias vezes e os mesmo problemas desde há muito continuam, mas continuam evidentemente, porque é mais divertido e até lucrativo, participar do carnaval e do futebol, do que se inteirar da política nas três esferas.

Ora, que bobagem estou dizendo eu, se acabei de dizer que os compradores de votos já estão se preparando para fazer seus ranchos e pedidos até mesmo estapafúrdios a todos os candidatos que baterem a sua porta?

Será que o Brasil ainda tem conserto?

Nenhum comentário:

Postar um comentário