sexta-feira, 22 de agosto de 2014

SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO DE EV/RS USA DINHEIRO PÚBLICO PARA DESCANSAR NA COSTA DO SAUIPE - BA


Os jornais locais, pela divulgação da Secretária de Educação do Município de Estância Velha/RS, Cristiane Noé, têm veiculado que a secretária esteve na Costa do Sauípe para receber um prêmio de gestão nota 10 e, neste contexto, também foi divulgado que a educação do município está entre as 100 melhores do país. Isto no entanto, não é mérito da secretária, afinal este ranking é ocupado desde o governo Toco.(1º ponto)

A verdade no entanto, e que está sendo omitida, como é de praxe desta administração, é que este evento não tem a chancela do Ministério Da Educação - MEC, até porque, por se tratar de um ano eleitoral e pelo período que a secretária diz ter sido agraciada, não é permitido pela Legislação Eleitoral. (2º ponto)

O que aconteceu, e esta é a verdade, Cristiane Noé, comprou o prêmio da empresa da empresa de promoções de eventos e funciona da seguinte maneira: São várias empresas neste seguimento que sondam pessoas, empresas e etc e criam um evento com o viés de que os ditos selecionados foram os mais lembrados ou citados em pesquisas ou, outros mecanismos são utilizados para atrair os iludidos ou espertos.

Desta feita, os promotores destes eventos ou fazem o contato por telefone ou ainda enviam cartas aludindo ao agraciamento desta pessoa, empresa e até mesmo do setor público. Mas, depois de toda a apologia feita e o ego inflado de quem lhes interessa, é dito que é preciso pagar um valor X para cobrir alguns custo e etc.

Foi isto o que aconteceu com a secretária e, aproveitando o ensejo da possibilidade de passar uns dias em um paraíso esplendoroso, Cristiane Noé não deve ter pensado duas vezes para ir passear e voltar dizendo que foi premiada.

Há informações que o dinheiro empregado nestas maravilhosas férias, tenha saído do FUNDEB - Fundo Nacional da Educação Básica, que tem por objetivo o investimento na formação de professores e também na própria educação.

Segundo informações, os gatos da secretária, foram: R$ 1.261,00 - passagem de avião; R$ 1.165,00 - alimentação e; R$ 3.690,00 de hospedagem.

Noé ainda colocou em sua arca turística, uma amiga e disse que a mesma pagou do seu próprio bolso ou, Noé fez esta boa ação.

A história parece se repetir: há muito tempo, o prefeito foi para a Alemanha e levou o então secretário Serjão e esposa e disse que pagaram a conta do próprio bolso. Irônico!

Portanto, este evento que etá sendo noticiado nos jornais locais não foi foi algo promovido pelo Ministério da Educação, porque se fosse, não seria num paraíso turístico, seria em Brasília e quem sabe, no Palácio do Planalto. (3º ponto)

Se fosse um evento oficial, a própria assessoria do órgão trataria de divulgar e seria para toda a imprensa em nível nacional e contaria quem sabe, com a presença da presidenta, mas, como já disse, é um ano eleitoral e tal evento não poderia acontecer. (4º ponto)

Em sendo assim, a secretária está dando atestado de idiota a imprensa local e aos desavisados e desinformados das leis vigentes.

Cristiane Noé foi passear com dinheiro público e para explicar, trouxe um troféu que não tem valor oficial nenhum.