domingo, 21 de maio de 2017

POR QUE, OU POR QUEM VOCÊ SOFRE? Por Analú Angeli



Todos nós temos problemas e temos pelo menos uma pessoa problemática em nosso redor.

O amor não existe sem a dor e é natural que fiquemos abatidos quando, quem amamos está sofrendo.
Sofremos demais por causa dos outros, porque nos falta diferenciar; que o nosso amor pelas pessoas tem que ter limites, senão, ele deixa de ser amor e passa a ser “dor, doentio”, então é necessário estabelecermos um limite para que possamos encontrar equilíbrio pessoal, mantendo distância, racionalizando, sem fazer manutenção da pessoa que sofre, dando inclusive à pessoa, possibilidade de se recuperar.

Dê o que precisa ser dado e negue o precisa ser negado.

Tudo o que está partido, precisa ser recuperado com calma. É necessário sair de um contexto de dificuldades, para termos um pouco de tranquilidade. “Tenha coragem de dizer adeus àquilo que lhe faz mal!”.

Às vezes criamos para o outro, amarras que fazem parte das nossas projeções. Muitas vezes nós aprisionamos o outro dentro das nossas expectativas.

Quando nós não nos livramos deste fardo, somos capazes de nos boicotar e causar uma morte antecipada, pois a pessoa vai perdendo a vontade de viver, a capacidade de sonhar, de ser feliz; tudo porque um dia se amarrou a uma ilusão e permitiu que aquela ilusão se tornasse o centro de sua vida.

“A paixão do momento, não vale o inferno da vida toda!”

Analú Angeli

Acadêmica em Serviço Social
Escritora e Palestrante Comportamental e motivacional


Nenhum comentário:

Postar um comentário