quarta-feira, 17 de março de 2010

A VIRADA

Na terça, fui beber cerveja em Gramado enquanto a parceria, uma amiga e filhos se deleitavam com o natal luz. Realmente é muito bonito. Há tempos venho dizendo que Gramado se especializou no turismo e abriga mão de obra de todo o estado. Ao que sei, eles não compram elefantes brancos para “fazer distrito industrial”, afinal, o distrito industrial deles, é o turismo e se especializam cada vez mais. Parabéns Gramado! Pra não esquecer: N. Petrópolis também fez bonito. Aliás, várias cidades da região fizeram.

No 31, repeti meu ritual: oração, agradecimentos e pedido de proteção e bênçãos segundo a vontade do Todo Poderoso. Recebi muitos e-mails, (dos meus leitores inclusive), recados em minha página do Orkut, mensagens de texto e telefonemas. Fizemos uma bela festa com muita comida, acompanhada de saladas, frutas, sorvete feito pela mulhe, bebida, música e alegria. A meia noite participei do ritual secular e foi muito legal. Saímos à rua e juntamo-nos aos vizinhos para ver os fogos, trocar felicitações e beber espumante.

Este ritual instituído chamo-o de uma pausa, apenas para registrar a virada do calendário decimal. De resto, tudo continuará como estava e o barco da vida precisará continuar. Lamentavelmente, mesmo com propagandas incessantes, muitas mortes no transito e outras tantas tragédias, marcaram a virada. E, mesmo dizendo: adeus ano velho, muita coisa deste virá junto e teremos que resolver. Seja na vida pessoal, profissional ou política e nesta; querendo ou não, faz parte de nosso dia a dia.

Um exemplo disto: é que não foram esclarecidos os vários indícios de improbidade constatados e comprovados. Porém, como o legislativo ainda não disse a que veio, estes assuntos continuam incomodando a servidores e acentuada parcela da população, aumentando o índice de rejeição, dia após dia. O sentimento generalizado é de que; se a maioria pudesse, passaria direto para 2012. Estou mentindo?! O tal distrito industrial, (este, apenas um, dos muitos a serem esclarecidos), comprometerá o orçamento de todo o mandato desta “administração”. Mesmo em parcelas, o valor a ser pago poderia ser investido em outras áreas de maior necessidade e quem está dizendo isto; nas ruas, nos bares e em todo o lugar: é o povo. A obscuridade desta transação, que envolve outros nomes públicos, pode acreditar, será tema: da Receita Federal, do Tribunal de Contas e MP. O circo vai pegar fogo.

Pra terminar: agradeço as pessoas que tem me procurando com informações preciosas que darão muito pano pra manga. O motivo? Acreditam na minha seriedade, senso ético e não escrevo asneiras ao vento. E também é claro, pela credibilidade que O Diário vem conquistando; indo ao encontro de seus leitores com informação precisa e séria. Parabéns a todos os envolvidos na produção de O Diário, que segundo minhas previsões marqueteiras, em 2010, crescerá ainda mais. Se você ainda não é assinante, está perdendo tempo. A notícia compacta, mas séria, rola aqui. Palavra de quem entende do assunto. No mais, aguardemos as profecias ainda não reveladas neste cenário político local. Seja nas cartas de tarô, nos centros místicos... etc, etc e etc.
Fique com esta verdade para o seu ano: “Se Deus é por nós, quem será contra nós?”.