segunda-feira, 10 de maio de 2010

FÉ CEGA... NAQUELAS...

Mermão, o bicho pego pros dois lados. A “santa” tomou um vareio, mas eu também sofri pênalti... naquelas! Recebi e-mail de Pedro e Carla, este respeitoso e ponderando seus posicionamentos. Já o Éderson me mandou dois: num primeiro, desce a lenha, porém discorre explanações didáticas, que penso ser louvável e num segundo; pede perdão pela sua falta de educação. Mermão, cê tá perdoado. Joel, num ato hitleriano teve a audácia de me mandar um e-mail praticamente ameaçador e no conteúdo, bem grande, dizia: Pense bem no que vai publicar na semana que vem. Era só o que me faltava! E, Antônio me ligou de Picada Café. Pela voz, deduzi ser um senhor passado dos cinqüenta e confesso que gostei demais de falar com ele, assim como, gostei dos e-mails que recebi, até mesmo do hitleriano Joel. Por quê? Porque primeiro, mostra que minha coluna através de O Diário, transcende fronteiras e, segundo, porque estas pessoas têm posição e não perderam a oportunidade de expressa-la. E mais: são sinceras a sua doutrina, mesmo que equivocadamente. E é em respeito a elas e ao novo padre de Picada, que Antônio intercedeu por ele, que mudo um cadinho só o texto de hoje, sem deixar de bater na “santa”. Porém, quero deixar claro que todos são meus irmãos em Cristo e além da dita maioria católica, tenho amigos entre as tantas vertentes religiosas e amigos e amigas homossexuais.
Bem, nem tudo é joio e tampouco fruto podre. Os fatos pertinentes a “santa” estão sendo questionados na imprensa mundial. No Brasil, tem até CPI da pedofilia; padre, monsenhor, bispo e etc, tomando cana por causa disto. Nem o papa escapa desta sacanagem. Mas, é claro que nem todos são desta sórdida estirpe. Voltando no tempo, temos a querida madre Tereza, que dispensa todo e qualquer comentário. Além dela, outras e outros tantos, são sinônimo da mais pura grandeza no desprendimento do terreno e efêmero, voltados tão somente a seguir os passos, não da igreja, mas da semelhança Divina. Não posso deixar de lembrar, dos tantos anônimos de ontem e de hoje, membros da “santa”, que fizeram e fazem toda a diferença para que tenhamos um mundo melhor mesmo em meio ao caos, que pode ser o caso destas pessoas que me mandaram seus e-mails e me ligaram. Poderia citar n casos, mas vou mencionar mais um: Francisco de Assis! Dentro da “santa ”, não sei se será encontrado outro igual. A devoção dele com certeza nos dias de hoje seriam consideras loucura total. O cara só não disse a que veio como deixou lavrado na história seus exemplos e ensinamentos a respeito da humildade, da abdicação até dos desejos da carne e acima de tudo; uma demonstração de fé e ligação afinada com o Santíssimo. Infelizmente, a “santa”, que não é cristã e sim; apostólica romana, não soube e continua não sabendo preservar estes mártires da fé de todos os tempos. É verdade! Tudo por conta da luxúria e anseio de poder que a envolve.
Pra terminar: Não concordo com os atos da “santa” e quem de fato estudar as Escrituras, do gênesis ao apocalipse, entenderá o meu por que. Estas pessoas sinceras se reportaram a mim, defendendo sua crença e tentando justificar sua igreja, e eu, expressei meu conhecimento a respeito deste tema divergente, intrigante e deveras interessante. Desta forma, me despeço hoje destes irmãos dizendo: “Que Deus nos ilumine a cada dia, para que possamos ver, não através de uma doutrina religiosa, mas pela Sua Palavra, o verdadeiro propósito Dele para nossa existência no hoje e no porvir que Ele foi preparar lugar”.