quinta-feira, 22 de março de 2012

VER-GO-NHO-SO

SOLTANDO A VOZ


Luigi Matté

www.luigimatte.com.br



VER-GO-NHO-SO



Sabe quando a gente fica assim, meio sem saber o que dizer? Pois é!

Na verdade o que aconteceu na câmara nesta terça-feira, já era esperado, pelo menos pra quem tem algum conhecimento de causa e conhece também a conduta dos ditos legisladores.

O que me irrita mesmo é a hipocrisia, o cinismo e me arrisco a falar até, em mal caratismo.

Este assunto caça ao Waldir vem há tempos circulando na câmara e todos sabem das muitas improbidades por ele e alguns dos dele cometidas.

Ambos os poderes vem por quase quatro anos dizendo claramente que não tem a mínima condição de estarem onde estão. Claro, foi à maioria que os colocou lá e pra desespero destes, o arrependimento logo em seguida bateu-lhes a porta.

O ponto alto disto tudo aconteceu nesta seção e todos, sem exceção, disseram: sim senhor prefeito!.. o senhor pode continuar fazendo o que bem entende que nós não estamos nem aí... o senhor pode continuar com seus mandos e desmando, usando o carro oficial para uso pessoal, se reunindo em seu gabinete em horário de expediente para fazer costuras politiqueiras... o senhor pode fazer o que bem entender que nós faremos de contas que não vemos nada.

Aliás, queremos lhe pedir desculpas se em algum momento falamos mal do senhor, mas sabe como é; o povo nos cobra... mas... que se dane o povo, o poder é nosso e também porque chegamos a conclusão que temos semelhanças em nossos atos. Criamos os assessores, o senhor loteou a administração... fizemos de contas que estudávamos nos cursinhos e o senhor fez de contas que administrava a cidade.

Por fim senhor prefeito, estamos no fim mesmo, porque fazer todo este alvoroço?

Por que acatar um pedido do povo a esta altura do campeonato?

Continue fazendo de contas que nós também faremos o mesmo e, quando chegar o período eleitoral, a gente da uma engambelada no povo novamente e se tudo der certo, estaremos juntos por mais quatro anos e continuaremos felizes e sorridentes... nos bastidores, é claro.

(O prefeito emocionado, levantou-se como andorinha só e ovacionou os vereadores e vereadoras).

VER-GO-NHO-SO!



Hoje terminarei um pouco diferente: agarre-se com Deus com todas as forças, porque depois desta terça vexatosa, está confirmado; o inferno é aqui e o diabo está fazendo morada.