segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Plínio disse que seria o único a poder tirar Waldir, mas PSB poderá ocupar cargos no governo dele

A Voz já fez mensão ao fato do PSB ter entregue a eleição a Waldir para não deixar o PT de Pedrinho ganhar e, para dar ênfase a esta verdade intrinseca, Plínio mandou publicar na sexta-feira uma enquete enganosa e para ter certeza de que poderia colocar sal no bolo do PT, colocou um carro de som dentro do Rincão dos Ilhéus para confundir os eleitores dizendo que o bairro precisava de um prefeito do bairro.

Embora seja uma repetição, serve para lembrar que o PSB nunca esteve de fato interessado em ganhar e sim, liquidar com o PT e isto diz respeito mais expecificamente, a Toco.

Nem bem o pleito terminou e o PSB, já se articula para negociar apoio a Waldir e segundo informações, Cláudio Hansen e Saci seriam os interlocutores, uma vez que o gorveno Waldir terá na câmara minoria concordina aos seus desatinos.

Cláudio Hansen e Django já participaram deste circo e não é de duvidar que Cláudio repita a dose. A questão no entanto, é saber se Saci cederá aos caprichos escabrinhosos do PSB e dar a mão a Waldir para que tudo continue numa grande festa regada a pizza como vem acontecendo.

A verdade é que o maior incentivador disto tudo é Marco Gomes, presidente do PSB, que mesmo ocupando cargos por oito anos no governo Toco, hoje o tem como maior inimigo.

Ao término da apuração dos votos a coligação PSB, comemorava a vitória de Waldir, simplesmente por não ter deixado o PT ganhar.

Assim, Plínio que disse que tiraria Waldir, acabou contribuindo para mantê-lo no cargo e para completar a festa poderá fazer com que o PSB venha a se aliar a ele neste outro mandato de desmandos e de total falta de respeito com o contribuinte.

Portanto, não haverá surpresas, se de repente, alguns dos que estavam na coligação com o PSB, estejam descaradamente ocupando cargos na coligação, PSDB e apoiando a Waldir como se velhos aliados fossem.

Como diria Boris Casoy: Isto, é uma, vergonha!