quinta-feira, 4 de julho de 2013

PF PEDE AO MIN. PÚBLICO FEDERAL MAIS PRAZO PARA CONCLUIR INVESTIGAÇÃO SOBRE COMPRA DE VOTOS DE WALDIR E IVETE COM PROGRAMA DO GOVERNO FEDERAL

O processo de número 78148 continua tramitando, mesmo depois das principais testemunhas terem sido ouvidas e terem confirmado a oferta de casas do Programa de Subsídio Habitacional do Governo Federal.

A superintendência da Polícia Federal, resolveu pedir para concluir o inquérito.

Tal decisão deve ter sido motivada pela muita perícia e perspicácia da PF que com certeza quer fechar o IP sem margens dúvidas de que houve sim a compra de votos com recursos do Governo Federal, mesmo porque, o MPFRE foi municiado com toda a documentação necessária, incluindo o processo que culminou na cassação de Sônia Aparecida Oliveira Cardoso, onde na AIJE - AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL, impetrada pelo promotor Charles Milton, fica clara a participação de José Waldir Dilkin e Ivete de Godoy Grade no esquema fraudulento.

Para piorar, as declarações dos ex secretários, Tarcísio e Márcia, endossam o que já foi decidido no caso de Sônia Cardoso.

Em sendo assim, aqueles que acham que não vai dar em nada e aqueles que estão se locupletando do poder como se este fosse seu e que já estariam relaxando os nervos, devem voltar ficar na flor da pele, porque ainda que esteja demorando, o desfecho final não será outro, senão a cassação de ambos que inclusive, poderá resultar em prisão, até porque, houve ameaça as testemunhas.

Já os advogados do caso, estão aguardando 'pacientemente' a conclusão do trabalho da PF para então entrar em ação e pedir a devida aplicação da lei para José Waldir Dilkin e Ivete de Godoy Grade.

É só uma questão de tempo!