sexta-feira, 20 de setembro de 2013

A trajetória de Bon Jovi


O Bon Jovi volta ao Brasil para promover o disco What About Now, lançado em março deste ano. A última vinda do grupo ao país aconteceu em outubro de 2010, quando o grupo tocou em São Paulo e Rio de Janeiro.


A parceria entre Jon Bon Jovi e Richie Sambora data desde o início oficial da banda, depois que Jon contratou músicos profissionais e gravou a música "Runaway", em 1983. A faixa foi incluída em uma coletânea de uma rádio novaiorquina, virou sucesso nas rádios e resultou em um contrato com a gravadora Mercury. Na época, o vocalista ainda usava o nome John Bongiovi. 
Ao receber uma sugestão da gravadora para trocar seu nome por "Johnny Lightning" (algo como "João Relâmpago" em português), a banda decidiu adotar o sobrenome de John com a grafia alterada para Bon Jovi. O cantor também aproveitou a oportunidade para tirar o "h" de seu nome, abreviado para Jon.


Em janeiro de 1984, saiu o disco de estreia da banda, homônimo. O disco foi bem recebido, e vendeu cerca de 500 mil cópias nos Estados Unidos. No ano seguinte, veio 7800º Fahrenheit. O álbum vendeu menos que o antecessor, mas conquistou mais alguns fãs.


Em 1986, a banda se juntou ao produtor e compositor Desmond Child (que já trabalhou com Aerosmith e Kiss, entre outros) para criar Slippery When Wet, o disco que transformou o Bon Jovi em sucesso mundial. O álbum lançou três dos maiores hits da história do grupo: "Livin On a Prayer", "You Give Love a Bad Name" e "Wanted Dead Or Alive". Vinte e seis anos após o lançamento, Slippery When Wet já vendeu quase 30 milhões de cópias ao redor do planeta. 

A extensa e intensa turnê de divulgação do álbum esgotou os músicos: nessa época, Jon começou a tomar remédios e estimulantes para conseguir cantar todas as noites. Ele também passou a ter aulas de canto para poupar a garganta, prejudicada a ponto de não conseguir atingir notas altas gravadas nos dois primeiros discos do grupo.


Em 1988 o grupo lançou New Jersey, uma tentativa de provar que o Bon Jovi não seria banda de somente um disco de sucesso. Apesar de não superar Slippery When Wet, o registro gerou outros grandes sucessos como "Bad Medicine" e "I'll Be There For You". O álbum quase acabou com a banda: logo após as gravações, o quinteto voltou direto para a estrada, e o estilo de vida estressou todos os integrantes. O clima entre eles era tão ruim nessa época que o grupo começou a viajar em jatos separados entre as datas da turnê. No meio do turbilhão, em 1989 Jon fez uma viagem secreta a Las Vegas e se casou com sua namorada da época de escola, Dorothea Hurley.


Os cinco membros da banda finalmente tiraram férias em 1990, ao fim da turnê de divulgação de New Jersey. A pausa veio em boa hora; pouco depois surgiu a cena grunge, que tirou a atenção do estilo musical da década anterior. Jon aproveitou a folga para investir na carreira de ator, e participou do filme Jovens Demais Para Morrer. A trilha do filme virou seu primeiro álbum solo, Blaze Of Glory. com participações de nomes como Elton John, Little Richard e Jeff Beck.


Recuperada, a banda se uniu ao produtor Bob Rock - então famoso pelo trabalho com o Metallica - em 1992 para o disco Keep The Faith. Menos pesado que os anteriores, o quarto álbum do Bon Jovi conseguiu manter o status da banda no mercado fonográfico. Em 1993, Jon e Dorothea tiveram a primeira filha, Stephanie.


Em 1994, veio a coletânea Cross Roads, que reunia grandes sucessos e duas inéditas: "Someday I'll be Saturday Night" e a balada romântica "Always" - um dos maiores hits da banda. No mesmo ano acontece uma baixa na formação da banda: o baixista Alec John saiu e nunca foi oficialmente substituído.  Desde então, a banda é oficialmente um quarteto.


Em 1995, Jon e Dorothea tiveram mais um filho: Jesse James. Meses depois de ter o segundo rebento, Jon lançou o quinto álbum do Bon Jovi, These Days, muito bem recebido pela crítica musical da época. Após a turnê de divulgação do álbum, a banda decidiu se separar mais uma vez para descansar. Durante a folga, Jon trabalhou em seu segundo álbum solo, Destination Anywhere, e voltou a atuar.


Em 1999 a banda se reuniu e escreveu mais de trinta músicas para um novo álbum. Insatisfeito com o resultado, o Bon Jovi descartou praticamente todas e recomeçou do zero. Em 2000 saiu Crush, com o hit "It's My Life". O disco apresentou o Bon Jovi a fãs mais novos, e pavimentou mais uma turnê bem-sucedida. Em 2002, veio o sucessor Bounce, que não atingiu o mesmo sucesso do anterior. Nos anos que se seguiram, a família de Jon também cresceu: em 2002 nasceu Jacob Hurley, e em 2004, Romeo Jon. No ano seguinte, o Bon Jovi voltou às atividades normais e lançou o nono disco de estúdio, Have a Nice Day.


Rumo Country


Em 2006 a banda lançou a música "Who Says You Can't Go Home" com a cantora Jennifer Nettles, e se tornou a primeira banda de rock a alcançar a primeira posição da parada country da Billboard. A música ganhou um Grammy de Melhor Performance Country. Inspirada pela parceria, a banda gravou o álbum Lost Highway em 2007 e encantou os fãs do gênero, que levaram o disco para o primeiro lugar da parada da Billboard. Foi o primeiro registro do 
Bon Jovi a alcançar essa posição desde 1988.


Em 2009 saiu um documentário chamado When We Were Beautiful, mostrando o cotidiano da banda durante a turnê de Lost Highway - a mais bem-sucedida do grupo. No mesmo ano saiu o álbum The Circle, desta vez voltado ao rock n' roll clássico da banda. Jon Bon Jovi diz que após vários álbuns com estilos diferentes, chegou a hora de voltar ao estilo que consagrou o grupo.


Em outubro de 2012, a banda anunciou a turnê mundial Because We Can, para o lançamento de um novo álbum, What About Now. O disco saiu em março de 2013 e a banda caiu na estrada pela América do Norte, Europa, Africa, Extremo Oriente, Austrália e América Latina.


Formação da banda: Jon Bon Jovi (vocais e guitarra), Phil X (guitarra e vocais) David Bryan (teclados) e Tico Torres (bateria).

Discografia: Bon Jovi (1984), 7800° Fahrenheit (1985), Slippery When Wet (1986), New Jersey (1988), Keep the Faith (1992), These Days (1995), Crush (2000), Bounce (2002), Have a Nice Day (2005), Lost Highway (2007), The Circle (2009), What About Now (2013).



A curiosidade:


Jon sempre foi apaixonado por música, e quando adolescente chegava a matar dias inteiros de aula para tocar, cantar e compôr. Apesar das notas baixas, a receita deu certo: hoje, ele lidera uma das bandas mais famosas e rentáveis da história. Ao longo dos anos, o Bon Jovi já vendeu mais de 130 milhões de álbuns e é considerada a segunda banda mais rica do planeta (atrás apenas do U2), com lucro de US$ 125 milhões apenas em 2011.

Por | Yahoo! Contributor Network